Bruno Perroni
DBA SQL Server com mais de 6 anos de experiência!

Instant File Initialization

O Instant File Initialization é um recurso do windows que utiliza espaço em disco sem preencher com zeros, o preenchimento é realizado à medida em que o disco é sobrescrito com novas informações e o SQL Server pode se aproveitar disso.

Cenários em que Instant File Initialization pode ser benéfico:

  • Criação de bancos de dados, incluindo o TEMPDB na inicialização do servidor;
  • Restore Database;
  • Alteração de um database, com adição de novos data files;
  • Modificações que causem autogrow no database.

O processo de preenchimento do espaço que será alocado com zeros (zeroing process), pode causar problemas de performance, principalmente em operações que resultem em crescimento do banco de dados (autogrow).

Observações importantes a respeito do Instant File Initialization:

  • Os arquivos de log não são beneficiados.
  • Instant File Initialization está disponível a partir do Windows Server 2003.
  • Se o TDE (Transparent Data Encryption) estiver habilitado, o database pode não se beneficiar do Instant File Initialization.
  • Como o dado só é sobrescrito a medida que novas informações são gravadas, dados que foram deletados ainda podem ser acessados, por usuários de aplicações que façam parte da política Perform Volume Maintenance Tasks.

Existem 2 formas para o SQL Server utilizar o Instant File Initialization.

A Primeira é concedendo permissão ao usuário que está rodando o SQL Server, no meu caso a conta [FLOCK\CS_SQLSTART].

Uma vez que a conta foi identificada, abra a ferramenta administrativa Local Security Group, navegando pelo Painel de Controle\Ferramentas Administrativas.

Ou simplesmente digitando no Executar do Windows secpol.msc

Navegar até Perform volume maintenance tasks clicando em Local Policies > User Rights Assignment

Clique com o botão direito do mouse em cima da Policy (Perform volume maintenance tasks) e adicione a conta que é utilizada para rodar o SQL Server (Necessário reiniciar o SQL Server).

A segunda forma é concedendo a permissão diretamente na instalação do SQL Server que está disponível a partir da versão 2016.

 

Close Bitnami banner
Bitnami